5 novelas que valem a pena ver de novo

Tramas divertidas e envolventes que passaram pelas telinhas e deixaram saudades

Publicado em 20/03/2017

Famoso, o quadro Vale a Pena Ver De Novo da Rede Globo é um espaço para relembrar antigos sucessos do canal que merecem ser revistos pelos telespectadores. Pensando nisso, o Tudo TV elegeu 5 novelas que gostaríamos de assistir novamente. Confira: 

Um Anjo Caiu do Céu (2001)

Com uma trama leve e divertida, a novela acompanhava as aventuras do anjo Rafael (Caio Blat) que decidiu ter uma experiência como mortal e tornou-se assistente do fotógrafo João (Tarcísio Meira). Aos poucos ele foi perdendo seus poderes e conhecendo as emoções humanas, inclusive o amor, com a personagem Cuca (Débora Falabella).

Pé na Jaca (2006)

Extremamente divertida, a produção conquistou muitos telespectadores pela sua leveza e bom humor. Na trama, cinco amigos de infância: Arthur (Murilo Benício), Maria (Fernanda Lima), Elizabeth (Deborah Secco), Guinevere (Juliana Paes) e Lancelotti (Marcos Pasquim), se reencontram após 25 anos, ao retornarem para a cidade Deus me Livre, buscando um recomeço. Adultos, eles embarcam em um grande mistério, além de protagonizarem hilárias confusões amorosas.

A Favorita (2008)

Flora (Patrícia Pillar) e Donatella (Claudia Raia) cresceram como irmãs, mas ao longo da vida se tornaram rivais. No início da trama não é possível descobrir quem será a vilã e quem será a mocinha. Após o mistério ser revelado a novela conquistou altos índices de audiência. Impossível esquecer o trecho: “Que beijinho doce que ele tem, depois que beijei ele nunca mais beijei ninguém”, cantado pela dupla Faísca e Espoleta.

Avenida Brasil (2012)

O Brasil parou para assistir a incrível trama de João Emanuel Carneiro. Estrelada por Adriana Esteves no papel da terrível Carminha, ao lado de Débora Falabella, a jovem Rita, que nutria um desejo de vingança pela vilã, responsável por abandoná-la no lixão quando pequena. Uma novela completa, com um ritmo frenético, que desenvolvia muito bem todos os seus núcleos. Marcante, a produção foi indicada ao Emmy Internacional na categoria de Melhor Novela. 

Amor à Vida (2013)

Essa foi outra história que, além de conquistar milhares de brasileiros, rendeu um excelente destaque para o ator Mateus Solano, que deu vida ao maravilhoso vilão (daqueles que amamos odiar) Félix. Ambicioso, ele não cansava de armar planos para conseguir o que queria, nem que isso envolvesse colocar a sobrinha recém-nascida em uma caçamba de lixo. O que ele não esperava eram os desmembramentos dessa atitude cruel. 

Foto: Divulgação